Semanada – Hungry Joker #01: A Descoberta da Maçã

E começa mais uma série na Jump! É Hungry Joker!

Olá! Eu sei que você, leitor assíduo do ChuNan, deve se lembrar de mim. Sim, aquele “cara das ToCs” que está meio sumido já há algum tempo ( Por favor, não me apedrejem T-T )! Mas não voltei com os rankings da Shonen Jump (AINDA). Hoje venho falar do mais novo mangá da revista: Hungry Joker! Mas afinal, o que é Hungry Joker? Para você que estava por fora do drama do mangá, aí vai o resumo: Hungry Joker, de Yuuki Tabata, foi o vencedor da Golden Future Cup do ano passado, onde teve também a participação do já cancelado Takamagahara. Como até  pouco tempo atrás ainda não tinha nem sinal de uma série a partir do one-shot, todos perdemos as esperanças e chegamos a acreditar que a serialização nunca chegaria a existir. Isso até semana passada, quando finalmente o mangá estreou na Jump, sendo o mais novo adversário em busca do seu lugar ao sol na maior antologia de quadrinhos dos japas.

É aí que você questiona “ain nossa, Chuva de Nanquim fazendo Semanada de mangá tão novo assim, nem sabe se vai ser novo bigue treiz”. Sim, e que torcemos para que seja um sucesso – isso se for bem desenvolvido. E não sabemos onde você pode ler o primeiro capítulo. Nem adianta clicar NESSE LINK pra descobrir.

Hungry Joker #01

A Descoberta da Maçã

O mangá começa com dois policiais encontrando um cadáver brilhante em um prédio, e quando se dão conta que aquele não era um caso para eles, resolvem chamar um “cientista”.  Enquanto isso somos apresentados ao protagonista, Haiji, e sua assistente “bobinha”, a qual ele chama de “Yamada” (que na verdade se chama Toriiooji Chitose) por não se dar ao trabalho de lembrar o nome dela.  Ele se mostra ser bem apático, e ela toda desajeitada, o que deve render muitas comicidades no decorrer do mangá. Haiji estava trabalhando em suas experiências um tanto quanto “explosivas” quando sua assistente o alerta então que o estão requisitando para cuidar do caso do “corpo brilhante”. Enquanto eles saem do laboratório, ela apresenta um pouco do que sabe sobre Haiji, dizendo que ele é seu instrutor e um misterioso e genial cientista, que, segundo ela, “estuda demais maçãs e coisas brilhantes”.

Ao analisar o corpo, Haiji resolve então levá-lo ao seu consultório e pedir verba para a pesquisa (PUUUTA MERDA, 10 MILHÕOOOOES DE IENES) para um homem misterioso pelo telefone. E o mais incrível é que o velho cede sem nem chiar.  Mudando de cena, aparece um personagem misterioso olhando para a cidade e falando sobre algo chamado “Eureka”.

Já no laboratório de Haiji, ele e Chitose fazem estudos no corpo. Quando ela pergunta sobre o seu passado, ele diz que também não se lembra de nada, a não ser de uma pilha de cadáveres brilhantes e uma maçã preta com um sorriso (?), e de chamar a atenção de um orfanato “especial” após esse acontecimento XAVIER CHAMOU ELE PROS X-MEN . E isso é tudo do qual ele recorda. Chitose diz a ele que tudo só deve ter sido um sonho, porque a maçã que ele possui não pode ser a mesma, pois já teria apodrecido há muito tempo. Haiji mostra que não é bem assim, e solta um laser na fruta, que se regenera imediatamente. Ele busca entender o significado da maçã e dos corpos.

Do lado de fora, aparece mais uma vez o personagem misterioso, que faz um movimento estranho do qual csurte efeitos estranhos no corpo que está sendo estudado no laboratório.  Enquanto isso, Haiji explica mais para Chitose sobre a maçã. Ele acredita que a maçã é a mesma que caiu sobre Isaac Newton, e que Newton teria bebido o suco da fruta, o que o capacitou de formular sua teoria da lei da gravidade. Quando a assistente já estava preparada para enchê-lo de mais perguntas, o corpo que estava logo atrás deles se torna um monstro gigante, os atacando e destruindo todo o laboratório.

Haiji acaba ferido, e sua assistente atrapalhada não sabe o que fazer.  Ela diz que assim como ela pensava, eles não deviam ter entrado nesse “âmbito dos deuses”, mas ele a repreende e diz que essa é a razão de ser um cientista: entrar em territórios desconhecidos pela humanidade. Assim, ele resolve “testar” a maçã, pedindo ela a Chitose e dando uma mordida. Ele coloca sua máscara de cirurgia (que no one-shot tinha dentes de TUBARÕES???),  e em suas pupilas aparece o desenho do “sorriso” que tem na maçã. Haiji começa a flutuar DE CABEÇA PARA BAIXO e escombros atingem o monstro. Agora ele luta usando a gravidade, e ao falhar em tentar esmagar a aberração, o fatia ao meio. Chitose está feliz por tudo enfim ter acabado, mas Haiji diz que aquilo é só o começo de suas pesquisas, e vai descobrir no que se transformou e o que fez aquilo com o corpo.

Na última página volta a aparecer o homem misterioso que cedeu dinheiro para o Haiji, dizendo que mais um “Eureka” havia despertado, e que estava ansioso para ver até onde o garoto irá, enquanto o observa em diversos monitores em uma sala. Não dá para ver todo o rosto do velho.

Digam o que quiser, mas mesmo com muitas diferenças do one-shot, curti bastante esse primeiro capítulo. Eu, como um dos que mais esperavam a serialização, posso dizer que a aprovei. Claro que, como a história difere um pouco, a outra também tem um lugarzinho especial. Não sei o que as pessoas esperam tanto de um primeiro capítulo, mas vejo muito gente avaliando de maneira errada. Foi um capítulo inicial aos moldes clichês da Jump, porém que me agradou muito da maneira que foi conduzido. É muito cedo para falar, mas mesmo as pontas clichês que foram deixadas, me deixou curioso para conferir como serão desenvolvidas. Ficaria muito feliz se o autor inserisse elementos distópicos ao enredo.

Outro ponto a favor é o traço bacanudo, e que está bem mais limpo em relação ao one-shot. Ainda tem um toque sombrio que foi preservado. Haiji tem um charater design meio que intencional, porque é bem no estilo que geralmente faz sucesso, E Chitose tem… peitos (ノ◕ω◕)ノ~.

Agora vamos aguardar até o lançamento do segundo capítulo, que sairá nesta semana. Espero vocês na próxima, e dividam suas impressões com a gente!

por Valdessom

Anúncios

45 Comentários

Arquivado em Matérias, Semanada

45 Respostas para “Semanada – Hungry Joker #01: A Descoberta da Maçã

  1. Pedro

    “Entrar nesses territórios desconhecidos com um sorriso no rosto…”
    “É a razão de ser um cientista”!!! Caraca como cientista admito que fiquei emocionado com esta frase! Prometo ser muito bom, ficarei na torcida e que tenha sucesso para essa séria bem original!

    Curtir

  2. Pedro

    Promete* e série* corrigindo as frases acima!

    Curtir

  3. Juliana

    Traço bacanudo. Confere e muito! E mesmo que você fale em clichês, a história parece prometer bastante. Vou atrás pra ler!

    Curtir

  4. Shin_Z

    Pra mim, é a melhor estreia na Jump desde Stars.
    Espero que dê certo =D

    Curtir

  5. Matheus Bacalhau

    Achei bem morno o capitulo, mas ainda assim me deu curiosidade de saber oque está acontecendo, como por exemplo oque são esse Eurekas. Vou continuar lendo e espero que fique muito bom. =D

    Curtir

  6. Leon

    Eu Vi os one-shot eo primeiro cap,e realmente existe diferenças nas historias porém eu me atrevo a dizer que o primeiro capitulo da serie foi melhor que seu one-shot,no one-shot o protagonista me pareceu muito forçado já no primeiro cap da serie o personagem está mais natural e fluido ,mesmo tendo a mesma personalidade que no one-shot,gostei muito da Yamada(ops Toriiooji Chitose),achei ela melhor que as personagens do one-shot que o protagonista salva,agora é esperar os proximos cap porque esse primeiro cap foi mais uma introdução mesmo,do mesmo nivel clichê da Jump.

    Curtir

  7. Bom demais, nossa! Vou acompanhar com toda certeza!

    Foi essa série que substituiu meu querido e finado Reborn!? Se foi, é digna de substituí-lo. u.u

    Curtir

  8. bem a única coisa q realmente senti falta em relação ao oneshot foi a funcionalidade daquela máscara q ele usa. Era algo super interessante, q eu realmente tinha adorado! XD
    Anyway, a serialização tbm parece muito interessante, gostei de como os conhecimentos das leis da fisica deram um tom shonen! xD Tbm espero q mostre mais do mundo. No oneshot isso foi bem colocado, já isso ñ ocorreu nesse primeiro capitulo… espero do fundo do coração q ñ seja no “mundo real” nk gosto de shonens no mundo real… acho q é uma das liberdades do genero q mais aprecio…

    Curtir

  9. Jo

    Sem ler lembrar muito D gray no começo…

    Curtir

  10. DoraNeko

    kkk eu ri no finalzinho do 2 parágrafo XD
    só por causa disso vou ler esse mangá u.u

    Curtir

  11. não sei,fico com o pé atras ainda,vamos ver se vimga na jump

    Curtir

  12. Eu gostei também do 1º capitulo.Mas é como você disse que é muito cedo para julgar esse mangá…tipo se o autor souber levantar essa historia ficara um manga muito bom e quem sabe,nao venha a se tornar um dos duradouros igual a OP ,NARUTO E BLEACH….???
    só espero que saia o 2º capitulo na quarta mesmo…e todos em diante também…=D

    Curtir

  13. Tatsuya

    Gostei bastante.Não esperava muito da One-shot,que eu tinha achado meio confusa e com personagens meio estranhos.
    Esse primeiro capítulo soube ser bem mais interessante e agradável.
    Se não desperdiçarem esse potencial como em várias séries recentes da Jump(Bulge e Magico me vem a cabeça) pode se tornar uma grande série :3

    Curtir

  14. Aoshi

    Muito interressante mesmo! Eu já havia lido um pouco a respeito do one-shot, mas inicialmente não havia dado muita bola. A matéria que eu menos gosto na faculdade no momento é Física pelo fato do professor ser pouco didático e já estava quase me esquecendo que a mesma pode ser incrível!

    Curtir

  15. Adorei, mesmo sendo a primeira vez ~segunda~ que ouço falar desse mangá Hungry Joker #01: A Descoberta da Maçã. Parabéns Valdhis, que sorte esse pessoal do ChuNan! ter você na equipe deles.

    Curtir

  16. , eu acheei interessante e tals , as teorias cientificas , as fontes historicas , mas , naum sei se eh pela primeira vez q eu começo a acompanhar um mangá desd o 1 cap ., mas eu achei muito cliche , protaagonista que naum se importa com o mundo ao redor , com uma garota chata ( que servirá pra fanservice e tem cabeça em formato de maça,e desastrada ) que persegue o protagonista , objeto desconhecido que da poderes , modo de batalha .e alem disso protagonista de supotamente uma classe ou raça diferente (Eureka) Eu acho q dps de ler um poco de bakuman , os mangás da jump perseram a “magia” das novidades ,

    Curtir

  17. Concordo que é muito cedo para especular muita coisa, mas achei interessante esse primeiro episódio!!! Algumas coisas me incomodaram um pouco, como a cara sem expressão do protagonista…(mas aquela frase no final..WOW!!!). Vou ler o próximo e ver no que dá!

    Curtir

  18. Angel Skywalker

    O capítulo em si foi mediano, mas conseguiu me atrair para ler o próximo capítulo. Gostei do protagonista, mas acredito que é muito cedo ainda para dar alguma posição (tá, ele lembra o Hitsugaya Toshirou de Bleach – ponto um para me atrair, fazer o quê). Fora isso é esperar para ver.

    Curtir

  19. Saru

    Não gostei muito do traço, parece que algumas paginas foram feitas na preguiça.

    Curtir

  20. Só pelo primeiro capítulo ja da pra ver que ele terá adaptação pra anime. Lembrem-se disso.

    Curtir

  21. BB

    A última vez em que apostei minhas fichas em um mangá recente da Jump foi com ‘Akaboshi-Ibun Suikoden’. O traço era bonito, a estória me agradou e era divertida, e eu aguardei pacientemente toda semana por um capítulo novo e quando finalmente parecia que o enredo ia decolar… Puft! O mangá é cancelado aos 24 capítulos. Passei muita raiva.

    Por isso hoje em dia só aposto de verdade em séries que já tenham no mínimo uns 50 capítulos.

    Mas valeu a iniciativa de vocês, e desejo boa sorte ao autor e ao mangá.

    Curtir

  22. Exagerou bonito, hein Valdi? Primeiro capítulo foi fraco.
    Primeiro, construção clichê demais, e um clichê mal utilizado, como certos elementos utilizados na narrativa, de o chefão ser mostrado já no final do capítulo e do protagonista derrotar um Hollow qualquer no primeiro capítulo , com uma batalha, diga-se de passagem, boring. O negócio da maçã foi bem legal e tudo mais, mas né, seria muito melhor se eu não tivesse lido One Piece antes. Maluco come uma Akuma no Mi e começa a lutar igual o Pain, que porra é essa? Outra coisa bem ridícula foi o traço. Perdeu toda a identidade e insanidade do utilizado no one-shot, clean demais, não é ruim, mas é igual o capítulo, sem graça, fraco.
    Esperava muito desse mangá, já que adorei o one-shot, mas foi complicado, muita pouca personalidade no mangá.
    Espero que seja só mais uma síndrome de primeiro capítulo ruim e que melhore nos próximos. O primeiro capítulo de Sensei no Bulge foi melhor, por exemplo, só por não ser tão clichê.
    E só mais uma coisa: O Shinji Ikari de Evangelion vira o melhor personagem do mundo perto daquela menininha lá.
    Agora é torcer pra Hungry Joker melhorar. Ou não.

    Curtir

  23. Victor Sacramento

    Gostei bastante do 1° capitulo e achei um pouco melhor que o one-shot
    só senti falta do relógio que contava o tempo de vida( achei aquilo bem interessante)
    O fato dele trocar o nome da assistente me lembrou Steins Gate
    Espero que o manga de certo e siga o mesmo caminho de assassination classroom que estreou a pouco e esta fazendo sucesso.

    Curtir

  24. Foi um início de série bastante agradável, mas confesso que, como alguns, também fico com um pé atrás, visto que o plot não parece tão promissor, ao menos pra jump (levando em conta que Enigma, um dos melhores mangás já cancelados pela revista tinha um contexto um tanto parecido) mangás desse estilo não tendem à render muito.

    Achei interessante o protagonista, mas a idéia de querer colocar algo ‘cult’ e inovador com um enredo com clima um tanto juvenil demais não acabou casando muito bem, mas é só o primeiro capítulo, não quero tirar conclusões preciptadas, mas não sinto cheiro de ser sucesso recente como Assassins Clasroom ou Nisekoi.

    Curtir

  25. Zuperman

    Por que não rola semanada de Ansatsu Kyoushitsu? Na boa, a melhor série novata da JUMP em tempos!

    Curtir

  26. Por causa dessa dica o “Hungry Jocker” se tornará o primeiro mangá da Jump que eu leio. E olha que eu gostei do primeiro capítulo!

    Curtir

  27. Rayovac

    Chega a ser meio bizarro mas porque parece tão promissor? Bom vamos torcer para que seja uma série de sucesso afinal é disso que a Jump vive, mas gostei desse primeiro capitulo talvez eu não acompanhe a fio o manga mas gostei e achei interessante só nos resta torcer para um novo sucesso!!

    Rayovac!

    Curtir

  28. Zuperman

    Li e achei uma bela bosta! Mesma coisa de sempre, não gostei do fato de ter ficado diferente demais do One Shot, mesmo.

    Esse hype todo envolto de Hungry Joker me lembra o GRANDE HYPE que fizeram envolto de Sensei no Bulge e no final deu em nada, um puta fracasso por ser clichê demais.

    Espero que esse mangá não siga esse caminho, se não vai cair logo também. JUMP tá precisando de mangás diferentes, que fujam do arroz e feijão de sempre!

    Semanada com Ansatsu Kyoshitsu JÁ!

    Curtir

  29. Carlos Kun

    Quando eu começei à ler o 1º capítulo, pensei logo : PORRA! NADA À VER COM O ONE-SHOT!

    E se mudou tudo, provavelmente ñ teremos essa história de “OverType” e cientista louco que se transforma em Kyuubi (só EU achei ele pareçido com a Kyuubi quando se transforma?), a história mudou completamente, a única coisa que continuou foi a história dos monstros gigantes (me fez lembrar Shadow Of The Colossus…). Gostei tanto do One-Shot, acho que se seguisse aquele caminho sería mais legal, mas à partir do ponto em que parou, ñ revelando o passado do personagem, porque isso ñ tem graça nenhuma num shonen.

    Gostei dessa idéia da maçã (me fez lembrar Death Note G-G) e talz, e o personagem controlar a gravidade? N-N

    “Eureka” devem ser os OverTypes de agora, ou os OverTypes existem e alguém tá mantendo eles em cativeiro (pelamor, nenhum ataquesinho à cidade?), OU eles ainda vão apareçer, mais pra frente.

    Enfim, que PORRA DE LOGO É AQUELE?! O do one-shot táva MUITO mais foda.

    Curtir

    • shadow

      Eu achei Hungry Joker bom, e sinceramente eu acho que hoje em dia é muito difícil fazer algo não clichê, quase tudo que se vê hoje em dia é clichê, até algumas series novatas da jump que tão fazendo sucesso tem clichê como: Nisekoi, Haikyuu, PSY e então outros até One pieces tem seus clichê de vez em quando e também a vesão one shot de Hungry joker tinha clichê. Mas se voçês pensam que é facil fazer uma historia sem clichês então mi mostrem
      É claro que eu não to dizendo que é impossivel fazer uma historia com originalidade, tem vezes que aparecem historias originais como assassination classrroom, cujo a historia é uma coisa que poucos pensariam.
      Sinceramente eu tambem não gostei a principio das mudanças de hungry joker mas parando parra pensar por um momento eu percebe que se ele seguisse o caminho do one shot, a historia seria a mesma de shingeki no kyoshin, Dgray man e claymore então ainda continuaria as mesmas reclamações dos fãs, então eu acho que de uma certa forma as mudanças foram boas, mas é esperar para ver a aceitação dos fãs japoneses.

      Curtir

  30. Não li o primeiro capitulo, mas da forma como o VALDESSOM, relatou ele, ficou parecendo um mais do mesmo da JUMP, não teve nenhum diferencial que me atraísse para ler a obra. Não sou contra ter alguns elementos clichês, mas esta obra tem todos:

    – Mundo inspirado no nosso, onde uma determinado profissão ou estilo de vida é mais importante de todos, checado.
    – Monstro para ser derrotado no primeiro capitulo, checado.
    – Protagonista carismático ou depressivo, checado.
    – Garota do protagonista gostosinha, checado.
    – Vilão nas sombras falando que algo importante aconteceu, checado.
    – Item com poder especial, checado.
    – Objetivo do protagonista que será o climax final do mangá, meio em aberto.
    – Passado misterioso ou desconhecido do protagonista que pode ser usado depois para um arco de episódios, checado.
    – Uma raça ou grupo especial/superior aos humanos comuns, checado.

    Curtir

    • celta

      E suponho que você seja mais original que o autor de Hungry Joker não é olha sinceramente eu acho que Hj tem sido muito Hypado mais também tem sido muito avacalhado.
      É como o colega disse não é fácil ser original hoje em dia, mas se acha que consegue fazer algo melhor vá em frente e faça.

      Curtir

  31. Auone

    O Oneshot foi bem melhor, adorei o protagonista nele com aquelas invenções malucas, como a mascara com presas por exemplo. Bem legal também o fato dele ser infectado e ter aquele tempo de vida contando na cabeça dele, os monstros também são melhores, só aquela transformação que ficou muito cliché e poderia ter dado uma melhorada

    Curtir

  32. “Entrar nesses territórios desconhecidos com um sorriso no rosto…”
    “É a razão de ser um cientista” Cra, isso é frase que o Ed (Fullmetal Alchemist) diria.
    Maçã? O Ryuuku vai querer participar desse mangá.
    Tem um clima semelhante ao de D. Gray-ma.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s